quinta-feira, 8 de setembro de 2011

O vaso



Um carregador de água na Índia tinha dois grandes vasos que colocava 
na extremidade de uma vara que ele levava nos ombros.
 Um dos vasos tinha uma rachadura, enquanto que o outro era perfeito e
 
entregava toda a água até o final do longo caminho a pé desde o arroio até
 
à casa de seu patrão. Quando chegava, o vaso defeituoso só continha a
 
metade da água. Por dois anos completos aconteceu assim diariamente.
 O vaso perfeito estava muito orgulhoso de seu sucesso. Era perfeito para
 
os fins para que foi criado. Estava por demais  arrogante.
 Porém o pobre vaso rachado estava muito envergonhado de sua própria
 
imperfeição e se sentia miserável porque só podia conseguir a metade do
 
que devia fazer.
 Depois de dois anos disse ao carregador de água:
 - Estou envergonhado de mim mesmo e quero me desculpar contigo.
 - Por que?, lhe perguntou o carregador de água.
- Devido as minhas rachaduras, só posso entregar a metade da minha
 
carga. Devido as minhas rachaduras, só tenho a metade do valor que deveria
 
ter. O carregador de água se sentiu muito entristecido pelo vaso e com
 
grande compaixão lhe disse:
 - Quando regressarmos para a casa do patrão quero que note as belíssimas
 
flores que crescem a margem do caminho".
 Assim ele fez e de fato viu muitíssimas lindas flores a margem de todo
 
caminho, porém mesmo assim sentiu-se muito triste porque, ao final,
 
novamente só tinha levado a metade de sua carga. O carregador de água lhe
 
disse:
 - Destes conta que as flores só crescem no teu lado do caminho? Sempre
 
soube de tuas rachaduras e quis obter vantagem delas. Semeei flores ao
 
longo de todo caminho. E, por onde tu passavas, todos os dias, tu as
 
regastes. Por dois anos eu pude recolher estas flores para decorar a casa
 
de meu mestre. Se não fosses exatamente como és, ele não teria essa beleza
 
sobre a sua mesa.
Cada um de nós tem suas próprias rachaduras. Somos vasos, que ainda com
 
defeitos, podemos enfeitar o caminho por onde andarmos. A seu tempo seremos
 
transformados, mas enquanto isso nenhum vaso será desperdiçado, pois Deus
 
faz os vasos e também sabe como consertá-los...e somente Ele faz isso...
Que esta  mensagem possa trazer edificação para sua vida pois muitas vezes nos sentimos frustrados, achamos que não somos importante  que não temos nenhum valor, mas fique firme, Deus nos criou e a seu tempo ele nos molda segundo o seu querer a sua vontade.
Apenas seja um vaso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário